A Aranha voadora.


A ENTOMOLOGIA (parte da Zoologia que estuda os insetos), fica admirada com um pequeno aracnídeo que chamam de Aranha Voadora.
Essa pequena aranha possui pelos em todo o seu corpo que são chamados de Tricobótrios. O diferencial desta pequena aranha é que esses pelos são sensoriais que lhe dão a capacidade de perceber o mais leve mover do vento.
Esses pêlos são de grande importância para a pequenina, pois a ajudam a fugir quando necessário e a se deslocar de um lugar para outro.
Essa pequena aranha quando está na vegetação baixa, lugares frios, escuros, cheios de perigos e se sente ameaçada por predadores como cobras, passarinhos ou formigas. Entretanto, com a intenção de sobreviver, o aracnídeo foge para a vegetação mais alta e logo se posiciona levantando as suas patas e abrindo o seu abdômen, esperando o mais leve mover do vento. Então quando ela sente o vento, lança as suas teias e direciona o seu fio para onde o vento quiser mandá-lo. Então ela se desloca pelo ar ou no vento como pipas atadas a uma linha.
Após ler este artigo em uma revista, o Espírito Santo me disse que a realidade física vivida por aquele pequeno aracnídeo, pode ser comparada através de metáforas com a realidade espiritual vivida pelo crente servo de Deus. Ou seja: O crente, assim como aquela pequena aranha, quando se sente ameaçado por esta vegetação baixa (Figurativamente: este mundo, cheio de perigos e predadores como a carne, o mundo e o diabo), ele foge em busca da vegetação mais alta (a igreja), ali, através dos seus pelos tricobótrios (sensibilidade espiritual) se sentirá seguro e à vontade para levantar os seus braços e abrir o seu coração, esperando o mais leve mover do vento (Tipo do Espírito Santo), para que então possa lançar as suas teias (sua entrega em louvor e adorações a Deus). Então fazendo isso o vento, o desloca pelas maiores alturas fazendo-o sentir a sua força, o seu poder e a sua graça renovadora para que ele possa continuar caminhando e se deslocando por esta vegetação baixa (este mundo cheio de perigos).

2 comentários:

Eduardo e Adriana disse...

Olá, parabens pelo seu blog...
Ta muito bonito, continui sempre postando, sempre orando, sempre tendo Deus contigo...
Acabamos de fazer o nosso blog, esperamos por sua visita...
www.bastaterfe.blogspot.com

Que Deus te abençoe...

Felipostagens disse...

Que bom, temos as melhores características que existe na natureza, todas adaptadas a nossa vida espíritual, e ai de nós se Deus não nos deixasse, estes inúmeros exmplos por ai, para que por meio deles, seu espírito possa lançar luz as nossas mentes, algumas horas tão confusas nos tirando assim da escuridão, pois não é isto que o Salmista diz? Tua palavra é luz para os meus caminhos...Ótimo gostei desta reflexão....